Monday, July 03, 2017

 

Caim + Abel = Canibal


No Antigo Testamento da Bíblia Sagrada é dito [1] que Adão e Eva tiveram dois filhos, Caim e Abel. Esses nomes não foram dados aleatoriamente, pois sua combinação resulta na palavra canibal. A prática do canibalismo, portanto, é aceita como um sacrifício (sacro+ofício) para contentar um ser não humano (que contenta-se com a morte de seres humanos, portanto não os ama) que passa-se por "deus todo-poderoso", mas que é apenas o ser autointitulado Satã (satanismo) ou Lúcifer.

Esse ser não humano é um ser reptiliano que, em uma passagem da Bíblia, é identificado com o anunnaki Enki, que diz [2] aos seus colegas: "Façamos o homem à nossa imagem, à nossa semelhança" (para ser nosso escravo) [3]. Desde tempos imemoriais são feitos sacrifícios (assassinatos) de seres humanos [4] e de animais (como o famoso "bode expiatório", etc) para aplacar a ira desses "deuses" (seres) não humanos.

O ser humano, aqui no planeta Terra, é uma raça vegetariana [5]. Portanto, se você come carne de qualquer animal estará prestando uma homenagem velada ao canibalismo e ao satanismo. Sendo vegetariano, por que o ser humano presta-se a matar constantemente seu semelhante, algo que não se observa em qualquer outra espécie de animal? Isso é induzido no ser humano por um ser sanguinário  que se passa por Deus, em todas as religiões, mas que é apenas um ser reptiliano que se autointitula Satã/Lúcifer/Baal/etc. A razão é que a raça humana terrena é uma raça híbrida, formada pela mistura genética de uma raça humana pura (linhagem Amélius [6]) e os genes de uma raça reptiliana (linhagem Anunnaki): a parte mais interna do nosso cérebro é o "cérebro reptiliano" (Complexo RX, reptiliano) [7]. Isso deixa nosso cérebro susceptível à influência do cérebro reptiliano de Satã, sedento de sangue humano (e da energia de emoções negativas: medo, ódio, tristeza, estresse, raiva, etc).

Note o apetite deste ser ("deus") sanguinário: 1. Quando Caim e Abel ofertaram seus produtos a "Deus" [8], esse deus preferiu a carne dos animais mortos de Abel que os frutos da terra de Caim. Em seguida, induziu Caim a matar Abel, para jorrar mais sangue para o seu deleite. 2. Moisés disse [9]: "Assim falou o Senhor:- Pela meia-noite passarei pela terra do Egito, e morrerá todo primogênito da terra do Egito, desde o primogênito do faraó, que lhe sucede no trono, até o primogênito da escrava, que está em torno da moenda, e todos os primogênitos dos animais". Que grande banquete de sangue o "Senhor" teve essa noite, não? Você acha que esse "Senhor" (reptiliano Enlil) ama os seres humanos (e os animais)? 

No Novo Testamento da Bíblia Sagrada também existe uma menção muito curiosa de Jesus [10], lembrando (estimulando?) o canibalismo: Durante a ceia tomou Jesus o pão, pronunciou a bênção, partiu-o e deu-o aos discípulos, dizendo: "Tomai, comei, isto é o meu corpo". Segurou depois um cálice, deu graças e passou-lho, dizendo: "Bebei todos dele; porque isto é o meu sangue, o sangue do pacto, derramado por muitos em remissão dos pecados". Nos dias de hoje, isto é simulado com os fiéis comendo o corpo humano, via hóstia, e o  padre bebendo sangue humano, via vinho, durante a Eucaristia da missa.

Referências:
[1] Gênesis 4:1-2. 
[2] Gênesis 1:26 
[3] Zecharia Sitchin, O 12º Planeta, Editora Madras.
[4] https://pt.wikipedia.org/wiki/Sacrif%C3%ADcios_humanos_na_Am%C3%A9rica_pr%C3%A9-colombiana
[5] Gênesis 1:29 : Deus: "Eis, eu vos dou toda a erva que produz semente sobre a superfície inteira da terra, e toda árvore que dá fruto e produz semente; servirão para vós de alimento". 
[6] http://efeito.exillis.com.br/2012/08/a-origem-do-homem-partir-da-linhagem.html. Não posso deixar de fazer uma conexão com a letra de uma antiga canção brasileira: "Amélia é que era a mulher de verdade..."
[7]  http://www.curaeascensao.com.br/curiosidades_arquivos/curiosidades26.html
 http://heliocouto.blogspot.com.br/2012/11/cerebro-reptiliano-i.html
[8] Gênesis 4: 3-8 
[9] Êxodo 11: 4-5
[10] Mateus 26: 26-28 
 Image result for cérebro reptiliano RX

Labels: , , , , ,


Comments: Post a Comment

<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?