Monday, February 19, 2018

 

Oscar Quiroga - 3628

Evoluir é inevitável

Ampliar tua consciência, abrir tua mente, se fores te dedicar a isso sem te responsabilizar por empreender a devida ação que resulta desse exercício, melhor nem começar, porque em vez de compreender mais acabarás com a alma congestionada e distorcida. Tampouco penses que daria para voltar atrás, à santa ignorância, uma vez que te informas sobre o que acontece e percebes nuances de verdade que mudam teu ponto de vista, não dá para fingir que nada aconteceu. Voltar atrás seria mais perigoso do que continuar em frente e te responsabilizares pela devida ação que tua percepção gerou. Enfim, a esta altura da vida e do texto que te dedicas a ler agora, deve ter ficado claro o quão inevitável é a evolução e o quão pernicioso é tentares te entorpecer para fingir que nada demais está acontecendo.

Labels:


Sunday, February 18, 2018

 

Prisão de Ventre (PV)


Trechos da Referência [1].

Hoje em dia grande parte da população sofre de PV, mas não sabe. Para muitos, o fato de evacuarem de vez em quando, ou mesmo uma vez, ou mais, por dia, significa que não sofrem de PV. Ledo engano.

Existem dois tipos de evacuação: a natural e a por compressão.

A evacuação natural é aquela que a pessoa evacua praticamente sem sentir, no mínimo duas vezes ao dia e em pouca quantidade, pois não tem o sistema digestivo lotado (entupido). Reparem os animais carnívoros: cães e gatos se contraem para evacuar. Já os vegetarianos, como o cavalo e a vaca, evacuam tranquilamente, sem o mínimo esforço. Eles evacuam até andando.

A evacuação por compressão é aquela que a pessoa só vai ao banheiro quando está totalmente entupida e, normalmente, depois das refeições, pois o alimento que entra precisa de espaço, dilatando o estômago, comprimindo o pulmão, coração, fígado, os intestinos, enfim, todo o organismo, empurrando as fezes para fora.

Sua vida depende da qualidade  e quantidade das fezes que você faz. Quando a alimentação for de frutas, legumes ou folhas, as fezes devem ser pastosas, como a do cavalo e do boi, normalmente evacuada depois de quatro a cinco horas. E ela será mais consistente, quando a alimentação for acompanhada por cereais integrais, demorando em torno de 12 horas.

Na evacuação correta, as fezes saem de uma só vez, sem precisar fazer força.

Existem muitas famílias que têm em seus banheiros uma pá! Isso mesmo, uma pá para quebrar as fezes. Tem gente que entope privadas por causa de fezes ressecadas.

O Dr. Durval Stokler comentou que certa vez, observando a face de uma mulher, disse-lhe que determinadas características do seu rosto revelavam que ela tinha PV. A mulher negou, declarando que defecava normalmente todos os dias. Então ele lhe propôs que ingerisse, sem mastigar, meia xícara de caroços de mamão. Assim, os caroços não seriam digeridos e, ao serem eliminados, permitiriam que ela tivesse uma idéia do seu ritmo digestivo. Essa mulher, que defecava todos os dias, só eliminou os caroços de mamão após quinze dias. Segundo Horace Davenport, o processo de digestão normal leva entre cinco e sete horas. A eliminação dos caroços de mamão, portanto, deveria ter ocorrido dentro deste período, caso contrário, ficaria caracterizada a PV.

Há também pessoas que evacuam várias vezes ao dia, mas as fezes saem finas da grossura de um lápis. As fezes devem ser mais ou menos da grossura de um dedão de homem. 

Quem tem dúvidas sobre sua PV, basta se olhar no espelho. Como sabemos, as toxinas absorvidas pelo sangue são eliminadas por vários órgãos, um deles é a pele. Quando a pele está opaca, fosca, com espinhas, sem brilho, sem vida, com manchas (que muitos dizem ser manchas de sol ou senil), é sinal que a pessoa sofre de PV. Espinhas são sinais de putrefação intestinal.  Na parte embaixo dos olhos, quando a pele está escura (as famosas olheiras), é sinal que a pessoa está com problemas de fígado, rins e PV. Muitas pessoas já têm em volta dos olhos uma mancha negra, tipo "máscara do Zorro". PV crônica. Outras pessoas ficam com as manchas escuras na parte de cima das mãos. Existem crianças que sofrem muito com PV, mas este reflexo ainda não aparece na pele. A PV é a causa de quase todas as doenças. Se não curarmos a PV, jamais teremos saúde.

Experiências mostraram que a PV está diretamente relacionada com o cérebro e é, portanto, uma das maiores causas da dor de cabeça e da senilidade.

[continua]

Referência:
[1] Roberto Filizzola, Em Nome da Vida Saudável: saiba porque ficamos doentes, OR Produtor Editorial Independente, Rio de Janeiro, agosto 2000, 3ª Edição. ISBN: 85-900828-1-4.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3627

A eternidade é tua essência

Na intimidade indestrutível de apenas um dos incontáveis átomos de tua constituição há mais energia da que serias capaz de gastar em toda tua existência. Por que será, então, que vives te orientando pela sensação de que algo te falta quando na verdade te sobra? É que buscas longe o que na verdade está em ti, mas como ninguém pode te abrir um caminho que somente  tu,  com  teu  esforço  e  persistência,  precisas  desbravar,  te acomodas  nas  limitações  e  te  convences  de  que,  como  isso  é  normal  e afeta a toda a humanidade, que então devas te conformar e aceitar que tudo seja limitado e temporário. Tua alma nunca te deixará em paz se optas por esse convencimento, te açoitará com uma angústia interminável para te demonstrar que a eternidade é tua verdadeira essência e que só a ela deves buscar.

Labels:


Saturday, February 17, 2018

 

Oscar Quiroga - 3626

Meditar

Meditar  é  ansiar  pelo  infinito,  conectar  tua  presença  temporária  à eternidade  que  é  na  intimidade  indestrutível  dos  átomos  de  tua constituição, e na inefabilidade da vida de tua vida. Enquanto não te dedicares com afinco e persistência a pensar além de ti, a meditação continuará sendo um esforço, que não é inútil, porque necessário, mas que não te renderá os frutos maravilhosos que pode te oferecer. Não é suficiente  aquietar  a  mente,  manter  a  espinha  reta  e  a  emoção  sob domínio, nem tampouco obteres visões místicas maravilhosas, tudo isso é muito bacana e desejável, mas não é meditar. Quando te tornares capaz de  agir  de  forma  impessoal,  como  agente  da  vida,  sem  te  importar  se colhes ou não os frutos de tuas ações, então e somente então começarás a meditar.

Labels:


Friday, February 16, 2018

 

Oscar Quiroga - 3625

O devido lugar de tudo

O  mundo  é  um  vasto  campo  de  experimentação,  cada  pessoa  que  nasce pressente ser autorizada a fazer o que quiser, mas isso tem sido tratado como algo perigoso demais para ser verdade, então transformado em tabu. O trato que se dá aoimpulso sexual é apenas um detalhe desta dinâmica, pois, apesar de esse autorizar nossa humanidade a encontrar satisfação, é envolvido em segredos que o tornam distorcido e cheio de lascívia, dando a entender que nascemos com impulsos que é proibido usar.Não dá para  aceitar  que  o  Universo  dote  os  seres  humanos  com  algo  que  seja proibido  usar.  Os  excessos  de  experimentação  só  ocorrem  porque  há  o convencimento  de  tudo  ser  temporário,  então  as  pessoas  exaurem  seus impulsos porque há pouco tempo. Só a percepção da eternidade coloca tudo em seu devido lugar.

Labels:


Thursday, February 15, 2018

 

Oscar Quiroga - 3624

A eternidade

A eternidade está em ti, na indestrutível intimidade dos átomos que constituem teu corpo, no inefável pressentimento que te outorga força para não te dobrar à morte. Porém, tu existes num mundo que não te incentiva a buscar a eternidade, mas que, pelo contrário, te programa para aceitares que tudo seja impermanente. No entanto, algo em ti sabe que nem tudo é impermanente, conhece haver uma faísca de eternidade, mas desconhece como entrar em contato com ela, quanto menos agir em nome dela. Tu nunca poderás fazer caber a eternidade em teus raciocínios temporários, pois, a eternidade te contém, mas tu, no estado parcial em que te encontras, não podes fazer caber a eternidade em ti. Para compreender a eternidade, tu precisas começar a te enxergar integrado a um conjunto maior que ti.

Labels:


Wednesday, February 14, 2018

 

O Eterno Agora


Não existe tempo, apenas o AGORA, um "momento" infinito no qual todo o Universo existe. Conceitos de passado e futuro são apenas isso - conceitos. Onde você está quando você pensa do passado? Está no presente, no AGORA. Onde você está quando você pensa sobre o futuro? Está no AGORA. Existe apenas o presente (o agora) e nós experimentamos tanto o passado como o futuro apenas no agora. Tem que ser assim pois isso é tudo o que existe. O que experimentamos como passagem do passado através do presente até o futuro são todas percepções e construções que mudam dentro do mesmo AGORA. Consequentemente, não existe a tal viagem no tempo, apenas "jornadas" ilusórias da percepção dentro do mesmo AGORA. Tempo não existe, mas relógios existem. Não existe espaço, da mesma forma que não existe tempo, mas isso vamos deixar para analisar em outra ocasião...

Considere a seguinte situação: um parente seu morreu. Depois de alguns anos você vai a um medium e ele transmite uma mensagem atual desse parente morto para você. Como isso é possível? É possível porque você, o medium e seu parente morto (há muito "tempo") estão todos no eterno agora! 

Fonte consultada:
David Icke, Everything You Need to Know but Have Never Been Told, David Icke Books, pg. 40, 2017. ISBN: 978-1-5272-0726-4.

Labels: , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3623

Tempo e eternidade

Nunca compreenderás a eternidade querendo amarrá-la aos teus raciocínios temporários. Pressentes que o momento presente seja a única realidade, porque o passado é feito de memórias e o futuro de esperanças, que são de duvidosa reputação. Porém, também te parece que o momento presente seja fugaz, te escapando da chance de aproveitá-lo. Isso só é assim porque queres amarrar o presente aos teus raciocínios temporários e, infelizmente, ele sempre te deixará para trás, não importa o quanto te esforces para te antecipar a ele. Tu precisas modificar o ponto de vista para compreender e aceitar que não há nada fugaz no momento presente, pois, esse está eternamente presente, é o elo de continuidade, o cordão umbilical que une o tempo à eternidade. Quando raciocinares com eternidade o compreenderás.

Labels:


Tuesday, February 13, 2018

 

Oscar Quiroga - 3622

O presente eterno

Nunca será suficiente, tu sempre desejarás mais, porque nem por decreto mental conseguirás deter a coreografia dos teus desejos, nem muito menos por reprimi-los obterás a paz que supostamente a suficiência te outorgaria. Com o tempo, e por obra dessa dinâmica, também te sentirás insuficiente diante da complexidade da experiência da vida. É que tu, mesmo que inadvertidamente, fazes planos para desfrutar da eternidade, mas ao mesmo tempo a morte te ameaça destruir esses planos. Sim, precisas aceitar que há algo em ti que é temporário e que acabará com a morte. Porém, com a mesma certeza precisas aceitar que há algo em ti que é eterno. Por que, então, não te dedicas a investigar e perceber a eternidade? Por que afirmas que o presente é fugaz quando está sempre aí, eternamente aí?

Labels:


Monday, February 12, 2018

 

Oscar Quiroga - 3621

Pensa além de ti

Enquanto não te habituares a pensar além de ti, continuarás temendo a morte, porque ela declara com firmeza que não podes fugir da temporalidade. Pensar além de ti, no entanto, vincula tua presença individual e temporal à eternidade, que é a mãe do tempo e, por isso, tu te tornas capaz de agir de forma impessoal e desapegada, porque mesmo que não colhas o fruto de tuas ações, perceberás que hoje desfrutas do que fizeram por ti pessoas que nem sequer imaginavam tua existência e, da mesma forma, se tu ages impessoalmente, as futuras gerações colherão teus frutos. Para conhecer a eternidade e matar a morte que te mata tu precisas pensar na Vida de tua vida e te sintonizar com ela atuando como um elo da corrente que preserva a continuidade. Este é o modo de funcionamento do Universo.

Labels:


Sunday, February 11, 2018

 

Oscar Quiroga - 3620

Liberdade

Parte  do  princípio  de  que  tu  és  um  ser  humano  e  que  a  liberdade  de escolher é, por isso, uma de tuas prerrogativas fundamentais. Quaisquer argumentos que encontres para restringir essa prerrogativa será também uma escolha livre que farás para te dobrar diante das circunstâncias. Tudo em tua humanidade se fundamenta na liberdade, nada em ti é preparado para se dobrar a nada, tu possuis a potencialidade de decidires que rumo dar à construção de tua experiência de vida. O medo visceral que nossa humanidade tem da liberdade e como trata com violência o surgimento de qualquer tipo de expressão dessa só vem a confirmar este princípio. A liberdade constitui a essência da humanidade, tu podes invocar seu poder a qualquer momento, porém, isso há de partir de ti, como uma decisão íntima e positiva.

Labels:


Saturday, February 10, 2018

 

Oscar Quiroga - 3619

Somos humanos livres

Não  precisava  ser  Carnaval  para  autorizar  teu  legítimo  e  necessário regozijo, nem tampouco existiria o Carnaval, não fosse nossa humanidade ter  inventado  uma  estrutura  social  que  supostamente  se  mantém  sob  a força da repressão. Ainda mais, se a repressão fosse fundamental para educar o ser humano, não haveria necessidade de válvulas de escape como o Carnaval, já que tudo estaria nos conformes. Porém, está tudo de pernas para  o  ar,  tudo  distorcido  porque  nossos  ancestrais  que  ergueram  o sistema educacional não entenderam nada a respeito da natureza humana. Enfim, foi bom enquanto durou, fez sentido em outras épocas, mas agora não faz mais sentido continuar educando as novas gerações na base da repressão.  Nós  não  somos  animais  que  precisamos  de  domesticação,  nós somos humanos livres.

Labels:


Friday, February 09, 2018

 

Leite, Queijo, Iogurte e Manteiga


LEITE
Como todos sabemos, o leite de diferentes animais mamíferos difere consideravelmente em sua composição química. O que nos induz a pensar que o leite de vaca é adequado às necessidades humanas? Mesmo com um grande esforço de imaginação, em que nos assemelhamos às vacas? Por que, em vez disso, não nos fixamos no leite de cabra, cadela, lhamas ou leite de porca? É muito simples. Nenhum desses outros animais se revelou comercialmente lucrativo [1][2].

Nascemos com a glândula timo, que excreta uma enzima necessária à digestão do leite materno. Por volta dos quatro anos de idade, a maioria das crianças começa a perder o uso dessa enzima. Na puberdade, ela se torna virtualmente inativa. Então, o timo se reduz ao tamanho de um grão de ervilha e fica aparentemente inútil para a digestão.

Curiosamente, o homem é o único mamífero que bebe leite depois de desmamado. Estudos numerosos indicam que tal consumo, na realidade, não nos é benéfico e que nosso consumo de leite e seus derivados (laticínios) traz sérias consequências para toda a vida. Sendo o leite homogeneizado e pasteurizado, o principal ingrediente que nos ajuda a digerir pelo menos seu teor gorduroso, a lecitina, é destruído pelo processo de aquecimento, junto com as possíveis proteínas.

Uma vez que não digerimos o leite e seus derivados, não podemos obter dele qualquer nutriente para nosso organismo.

Só absorvemos tudo de ruim que existe neste "alimento", fonte de anemia, alergias, falta de coordenação motora e muitos outros problemas. Fica a pergunta: em que o neném se assemelha a um bezerro?

A teoria de que o leite de vaca é uma boa fonte de cálcio, já foi por água a baixo. O leite, por ter difícil digestão enzimática no ser humano, não é mais indicado contra a osteoporose. Na verdade, o leite de vaca prejudica a absorção de outro mineral essencial ao perfeito metabolismo ósseo, que é o magnésio. A deficiência de magnésio está ligada à osteoporose. Duas colheres de sopa de sementes de gergelim (ou tahine) por dia contém mais cálcio do que dois copos de leite e podem ser totalmente absorvidas pelo organismo, uma vez que são digeridas com rapidez. E não tem contra indicações.

Além disso, há cálcio suficiente nas plantas para permitir que cavalos, vacas, elefantes, hipopótamos e girafas desenvolvam seus enormes esqueletos. A quantidade de cálcio absorvida pelo intestino é determinada pela necessidade do nosso corpo. Se todo o cálcio contido nos alimentos fosse absorvido pelas células intestinais, teríamos uma sobrecarga de cálcio no organismo. Por isso, não faz sentido dar cálcio em tabletes para uma pessoa que apresenta sinais de osteoporose. A osteoporose se cura através da mudança do estilo de vida. Se a pessoa já consumiu leite e queijo a vida toda e teve osteoporose, está mais do que provado que o leite é maléfico para o ser humano.

A ciência já sabe que a cada três meses nosso corpo forma um novo esqueleto e é esse o tempo que se precisa para se curar da osteoporose com um novo estilo de vida. A ciência também sabe que a pele se renova todo mês, o fígado a cada seis semanas, enfim, o nosso corpo se renova a cada quatro ou cinco anos. Só depende de nós termos um corpo sempre saudável.

O açúcar refinado, para ser digerido no organismo, precisa de muito cálcio e magnésio. Recentemente, cientistas do Governo da Grã-Bretanha, descobriram que as principais marcas de leite em pó à venda no país, contém altas doses de italatos, substância que afeta a fertilidade. Segundo o Ministério da Agricultura britânico, em testes com animais, o italatos reduzem o tamanho dos testículos e a capacidade de produção de espermatozoides. Os pesquisadores suspeitam que estas substâncias também prejudiquem a fertilidade feminina.

QUEIJO

Para fabricar-se um quilo de queijo são necessários 20 litros de leite. Se já é difícil, senão impossível, digerir o leite, pense no que o queijo representa para o seu pobre estômago. Quanto mais duro o queijo, pior para digerir. Outro ponto negativo: o queijo é fortemente carregado de sal químico. Se você nunca comeu queijo sem sal, compreenderá o motivo: é como comer borracha. No queijo tem uma substância denominada tiramina, capaz de desencadear uma forte dor de cabeça


MANTEIGA

Para fabricar-se um litro de manteiga são necessários muitos litros de leite de vaca. Não é difícil concluir que o resultado final (a manteiga) também constitui um pesado ônus para o estômago, da mesma forma que o queijo.


IOGURTE

Ele é aclamado como o alimento que nos emagrece, nos torna saudáveis e nos fará viver eternamente. O iogurte foi colocado em um pedestal pelos "homens" dos tempos modernos. Se o consumo de leite está em declínio, o do iogurte sobe como um foguete e a indústria de laticínios conta alegremente seus lucros. O iogurte puro já tem pouco valor nutritivo, acrescente adoçantes ou frutas e quaisquer possíveis vantagens do iogurte natural são destruídas dez vezes mais.

Lembre-se de que o queijo e o iogurte também são proteínas e, portanto, a adição de frutas, açúcar ou vegetais nos mesmos (queijo com goiabada...), os tornarão indigeríveis. Mesmo uma gota será o suficiente para que fiquem retidos em seu estômago, provocando prisão de ventre.

Referências:
[1] Roberto Filizzola, Em Nome da Vida Saudável: saiba porque ficamos doentes, OR Produtor Editorial Independente, Rio de Janeiro, agosto 2000, 3ª Edição. ISBN: 85-900828-1-4.
[2] Leite - O veneno mortal, http://www.curaeascensao.com.br/alimentacao_saude/alimentos/alimentos13.html

Labels: , , , , , , , , , ,


Thursday, February 08, 2018

 

Oscar Quiroga - 3618

Independência

Tua liberdade não se define por argumentares contra isso ou contra aquilo. Pelo contrário, se tu defines tua liberdade por ser do contra, continuarás amarrada a tudo que pareces desprezar e, um dia, como a história demonstra, despertarás e encontrarás que tua vida, de tanto ser do contra a algo que desprezas, se transformou no desprezado. Tua liberdade, independência e autonomia precisam ter vida própria, pois, ser do contra significa que precisas da força do que desprezas para autorizar a tua própria. Por isso, se realmente amas tua liberdade, deixa de olhar para fora de ti em busca do que te parece ser um obstáculo e começa a agir de acordo com os princípios interiores sobre os quais se construa um tipo de vida independente. Nunca saberás o que é isso sendo do contra.

Labels:


Wednesday, February 07, 2018

 

Harmonia e Equilíbrio geram Saúde


Trechos desse livro [1] de Jaime Bruning

O QUE DEVEMOS FAZER PARA TER BOA SAÚDE

Respirar sempre ar puro dia e noite. O ar é o primeiro alimento e o primeiro medicamento. Abrir sempre bem as portas e janelas para arejar bem o ambiente.

Fazer sessão de inspiração profunda diariamente, pois respiramos muito superficialmente. 

Beba muitos copos de água pura ao dia, pois ela traz oxigênio para o corpo. Grande parte da população sofre de desidratação e nem sequer sabe disso. Prefira o banho frio ou morno ao banho quente. Não beba água tratada com flúor e cloro (água da torneira), porque são prejudiciais à saúde por serem cheias de metais pesados e tóxicos. Da mesma forma, evite as piscinas assim tratadas, porque a pele é o maior órgão de assimilação do corpo.

Mantenha contato frequente com a terra (solo), tirando o calçado de borracha dos pés, ande descalço na grama, sobre pedras ou diretamente sobre a terra limpa ou a areia da praia. Isto permite uma troca de energias entre o organismo humano e a mãe terra. Lembre-se da Maria do Carmo Gerônimo, a campeã brasileira de longevidade (129 anos), que sempre andou descalça. Faça compressas de argila sobre os órgãos do corpo para desintoxicá-los e fortalecê-los, bem como para desmanchar tumores, se houver. A terra tem a capacidade de absorver, refrescar, purificar, cicatrizar e acalmar. 

Use roupas folgadas, para que a pele possa respirar desimpedida, pois o homem adoece pela pele e sua cura também está na pele, dizia um naturista.

Faça algum exercício físico, evite a todo o custo o sedentarismo, ele cria acidez no corpo. Sue, caminhe, corra, nade, ande de bicicleta, dance, pule, faça ginástica.

Faça uso regular de plantas medicinais, para manter seu corpo desintoxicado e o sangue limpo, livre de parasitas. 

Lembre-se que a saúde só tem uma fonte, a própria natureza, a farmácia de Deus.

Não são os micróbios que ficaram forte, mas o hospedeiro que ficou fraco e sem iminidade. Manoel Lezaeta - naturólogo chileno, dizia: "O mundo está num caminho errado, vive caçando micróbios, quando deveria cuidar para ter boas digestões e boas eliminações, pois nisto está o milagre da saúde". Realmente, somos um povo intoxicado e desnutrido. Não basta combater doenças, é preciso mudar todo um estilo de vida.

Anúncios enganosos: Cuidado com certas propagandas como estas: 100% Natural, mel puro, produto sem gordura, 100% integral, etc., porque há inúmeras mentiras nessas propagandas. Certa vez eu vi numa banca de alimentos o anúncio: "Lanche Natural". Fui ver, e era feito de frango de granja, pão branco, queijo e outras falsificações. De natural não tinha nada. Como é possível chamar de natural a carne de frango de granja cheia de hormônios e antibióticos? Além disso, tudo o que passou pelo fogo deixa de ser natural. Há anúncios de alimentos que prometem combater a obesidade, mas na verdade não o conseguem. É preciso prestar muita atenção nos resultados obtidos. As palavras: natural, integral, sem gordura, sem açúcar, sem glútem, atraem muita gente que quer cuidar da saúde, mas são geralmente enganosas. 

Não abuse do ar condicionado em casa, no trabalho e no automóvel, pois não é um ar natural, muito menos ainda saudável. Contamina e inflama facilmente as vias respiratórias. Tira a umidade necessária do ar e acumula bactérias prejudiciais.

Uma sugestão para distribuir o seu tempo e ter mais saúde: trabalhe durante 8 horas, divirta-se por 8 horas e durma durante 8 horas. Isto ajuda muito a combater o stress. Além disso, deixe pelo menos um dia por semana, sábado ou domingo, para um verdadeiro descanso. Não faça trabalho nenhum neste dia.

Valorize as boas amizades e a boa música, pois isto faz bem para a saúde. Se você não tem tempo para isso, algo está muito errado em sua vida. Atire (imaginariamente) para bem longe de si as preocupações, a tensão nervosa, as angústias, as revoltas, porque elas nos matam.

Frase que você nunca deve pronunciar:
*O meu destino é viver doente.
*A minha doença não tem cura.
*Eu duvido que alguém possa ser mais doente do que eu.
*Eu preciso tomar remédio a vida toda, é impossível largar deles.
*Eu sou uma pessoa infeliz, ninguém gosta de mim.
*Se Deus existe, porque deixa a gente sofrer tanto?
*Eu estou podre de tanta doença.
*Eu jamais vou conseguir ter saúde novamente.
*Eu jamais vou conseguir largar o cigarro (ou a bebida).
*Eu sei que fizeram um mal contra mim, por isso estou doente assim.
*Eu não sirvo para nada mesmo, tudo dá errado comigo.
*Eu sou um azarado.
*Eu me detesto, porque tenho um corpo horrível.
*Eu sei que vou ter câncer, tenho certeza disso.
Lembre-se que se você disser que vai conseguir ou que não vai conseguir, de qualquer forma você sempre tem razão, porque seu inconsciente vai realizar aquilo no que você acredita cegamente. Por isso, muito cuidado com aquilo que você diz a respeito de si mesmo. Cuidado com as frases acima, elas poderão se tornar realidades (profecias auto-realizadas) se você continuar a acreditar e repetir essas coisas.

Aquilo a que você resiste, persiste. Esta é outra verdade. Veja o caso dos obesos. Só consegue emagrecer aquele que deixa de lutar contra a própria obesidade e promove a saúde, o equilíbrio de seu próprio peso e acredita que isso seja realmente possível. 

As pessoas que mais falam de doenças, sempre são as mais doentes, ao passo que aquelas que mais falam de saúde a tem realmente. O seu inconsciente não consegue raciocinar e distinguir entre verdade e mentira, por isso Hitler já dizia: uma mentira repetida mil vezes se torna uma verdade. Assim agem os meios de comunicação, as propagandas de qualquer produto, inclusive de medicamentos, até impulsionar as pessoas a comprar.

Não use lâmpadas fluorescentes (normais ou compactas) na sua casa ou escritório, porque podem baixar a imunidade e acabar com as nossas defesas contra as doenças, sobretudo contra o câncer. Elas perturbam as cores aos nossos olhos. 

Preste atenção até na cor da roupa que você veste. Prefira a cor branca, sobretudo onde é muito quente. A cor preta capta muito o calor e aquece demais a pele. O vermelho é mais irritante, etc. 

Resolva seus problemas sexuais, pois muitas pessoas estão doentes devido a desequilíbrios sexuais e má utilização do sexo, causando um sentimento de culpa, de autopunição. Sexo é uma das maiores preocupações do ser humano, é saudável praticar sexo dentro das normas estabelecidas pelo Criador. Não faça dessa força um tabu, um problema, mas sim uma solução.

Jamais durma num quarto ou apartamento recém pintado ou que tenha mofo nas paredes, com visíveis sinais de umidade. Isso prejudica muito as vias respiratórias.

Faça das terapias naturais a primeira opção para cuidar de sua saúde, não a última. Dê preferência aos tratamentos suaves, não agressivos, mas extremamente eficazes da natureza. Até hoje ninguém conseguiu fazer melhor do que a natureza. Pense seriamente nisso.  

Jamais terá dengue (febre amarela, etc) uma pessoa bem nutrida, com sangue limpo e mente equilibrada. O mosquito nada pode contra a saúde de tais pessoas. Portanto, o problema maior não é o mosquito, mas sim o hospedeiro do mosquito, no qual se deve investir.

Fuja da proximidade de indústrias poluentes, pois é impossível ter boa saúde perto delas.

A insônia é fonte de inúmeras doenças porque desequilibra nosso sistema nervoso central. Saiba que pelo menos 90% da insônia é causada por problemas renais e das supra-renais, conforme minha experiência terapêutica. Portanto, trate dessas glândulas com plantas, argila e muita água.

Não use tinta para tingir seus cabelos, pois muitas delas são altamente tóxicas e cancerígenas. Deixe que a natureza se encarregue disso. Ou sua saúde é menos importante do que um modismo? [Nem raspe todo seu cabelo, como fazem os budistas e certas pessoas que estão ficando calvas. Deus colocou cabelo na cabeça por algum bom motivo! Veja este motivo aqui neste blog]

Nunca passe diretamente na pele desodorantes, perfumes, protetores solares, cremes ou outros cosméticos, porque eles podem causar câncer. Isto ocorre porque a pele absorve e leva os produtos químicos neles existentes para a corrente sanguínea. No máximo use desodorantes e perfumes sobre a roupa. Isto não é cafonice, como você pode estar imaginando, mas sim sabedoria, pois estará prevenindo e protegendo sua saúde. Quantas mulheres têm câncer de mama por causa desses cosméticos que aplicam nas axilas. Se não se pode comer esses produtos, não se deve passá-los na pele, porque a pele os "comerá".

Tome muito cuidado com os produtos de limpeza (e de "bom ar") na cozinha, na casa e no local de trabalho, porque alguns deles são muito perigosos à saúde. Não se intoxique com isso. Muitas crianças estão sempre doentes porque as mães não prestam atenção para esse detalhe.

Uma das armas poderosas para nossa saúde é jejuar alguns dias por mês tomando apenas água ou sucos naturais coados (neste caso é um jejum parcial). O jejum é poderoso, auxilia na desintoxicação orgânica e nos dá novo vigor (Obs: você jejua toda noite, enquanto dorme!). 

Verifique com atenção a temperatura de sua pele, a qual precisa ser sempre quente, mesmo no frio inverno, do contrário você está sofrendo de desequilíbrio térmico, causa de muitas doenças. Enquanto a pele estiver fria, as mãos e os pés frios, a febre nos devora internamente, dando origem a muitas doenças, principalmente impedindo a boa digestão e assimilação dos nutrientes. As principais vítimas dessa febre interna são: os diabéticos, os coléricos, os asmáticos, os bronquíticos, os tuberculosos, os gripados; todos têm pele fria, enquanto a febre devora suas vísceras. Isso se resolve com certas plantas, banhos e uso da argila.

Promova o suor através da sua pele, pois quem não sua está com a pele defeituosa, anêmica.

O chumbo é um metal pesado prejudicial à saúde, por isso jamais obture os dentes com ele e não carregue medalhões de chumbo no corpo.

Não use pastilhas em aparelhos elétricos anti-mosquito no quarto de dormir, porque eles emitem toxinas e aos poucos envenenam nosso organismo. Quantas crianças adoecem por causa disso! (Obs: para evitar pernilongos em sua casa, coloque telas em todas as portas e janelas).

Antes de tomar qualquer droga para eliminar uma dor, procure conhecer a origem de tal dor para poder eliminá-la e, assim, a dor não voltará a importunar. A dor é apenas um grito da natureza pedindo socorro. É um amável aviso que recebemos para tomarmos providências, não para apenas sufocar o efeito, pois isto pode ser perigoso. 

A pessoa mais interessada em sua saúde é você mesmo(a). Por isso, nada mais interessante do que conhecer bem seu organismo, todos os órgãos e glândulas, para poder ajudar a si mesmo(a). Invista em saúde agora para não gastar depois com doenças.

Preste mais atenção nos acontecimentos ao seu redor. Quais são as pessoas mais saudáveis que você conhece: as que não tomam nenhum medicamento ou as que tomam muitos medicamentos? Conhece por acaso algum parente ou amigo que tenha boa saúde porque toma uma grande variedade de drogas? Preste mais atenção ainda no seguinte: as pessoas que tomam tais drogas como medicamentos conseguem se livrar definitivamente de alguma doença crônica, conseguem eliminar as doenças de que se tratam, com tais drogas e recuperar a boa saúde? É claro que não. Isso não significa nada para você? Os antigos não dispunham de nenhum remédio químico e no entanto eram muito mais sadios e fortes do que nós hoje, e usavam apenas tratamentos naturais. Da mesma forma, os animais da floresta não tomam medicamentos e têm uma saúde invejável.

Somos um povo intoxicado por medicamentos, por agrotóxicos, pela poluição ambiental, pelo próprio intestino preso (prisão de ventre) - o que causa a autointoxicação, pelos cosméticos, pelas tintas, pelas substâncias químicas e aditivos presentes nos alimentos industrializados, etc. Pela minha experiência como terapêuta, constato que pelo menos 95% dos doentes estão intoxicados do baço, devido aos medicamentos que tomaram e outras substâncias tóxicas ingeridas. Se não fizerem uma boa desintoxicação, jamais conseguirão recuperar a saúde, mas serão sempre doentes crônicos.

É preciso fazer uma eliminação de vermes do seu organismo, porque eles provocam inúmeras doenças. 

Não fume, pois é impossível ter saúde colocando mais de 4.000 substâncias tóxicas do cigarro no pulmão.

Faça diariamente uma sessão de respiração profunda ao ar livre, para oxigenar o organismo.

Movimento é vida (imobilidade é morte). Jamais deixe de se movimentar, pelo menos faça uma caminhada de meia hora diariamente. Faça natação, hidroginástica, caminhe nas praias, nas montanhas.

Fuja de ambientes fechados, poluídos, fazem muito mal à saúde, porque faltam os preciosos íons negativos, importantes para nossa energia vital e imunidade. A maior quantidade deles será encontrada ao pé de grandes cachoeiras, nas montanhas, dentro das florestas, à beira do mar e nos campos abertos. Dentro de ambientes fechados pode chegar a zero o número de íons negativos, o mesmo acontece dentro de um automóvel com ar condicionado ligado por muito tempo. Por isso as pessoas sentem dores de cabeça, tonturas, cansaço e indisposição nesses ambientes fechados e com ar condicionado ligado. Ao pé de enormes cachoeiras podemos encontrar até 50.000 íons negativos por centímetro cúbico.

Procure gostar do que faz rotineiramente.

Ouça e aprecie uma boa música, jamais um rock pesado.

Promova amizades fortes, abrace essas pessoas, pois elas lhe transmitirão boa energia. Dance com pessoas amigas, sorria, dê boas gargalhadas ou grite em ambientes abertos, cante.

Viva emocionalmente descontraído(a), saiba relaxar sua mente e seus músculos, seus olhos, enfim, todo o seu corpo. Aconteça o que acontecer, mantenha seu equilíbrio emocional, não se deixe abalar com nada. Coloque toda sua confiança em Deus (que está no seu interior).

Não faça dívidas, pois elas poderão se tornar um tormento no futuro, na hora de pagar, e você poderá ficar abalado, enfraquecido emocionalmente e surgirão as doenças, porque nosso corpo é um para-choque de nossas emoções. Siga o seguinte lema: não gastarei o que ainda não ganhei.

Tenha sempre um bom objetivo de vida, mesmo depois de aposentado(a), ocupe-se para não "enferrujar". Lembre-se: pedras que rolam bastante não criam limo. 

Coma gorduras naturais de origem vegetal ou até animal, mas sem passar por nenhum processo de modificação, como era antigamente. A gordura trans, que é hidrogenada e artificial, deve ser eviada a todo custo, porque prejudica a saúde. Porém, a gordura natural é necessária para a saúde do organismo humano. Dizer simplesmente que a gordura faz engordar não é verdade. Caso contrário, toda pessoa magra que come gordura teria que engordar. Porém isso não se verifica na prática. É o desequilíbrio glandular que faz engordar.

Modere o sal, pois ele é considerado um assassino branco. Prefira o sal marinho.

Evite completamente o açúcar branco, uma doce droga viciante e altamente prejudicial à saúde, principalmente devido às perigosas substâncias usadas no refinamento. O açúcar mata até formigas. Use para adoçar o açúcar mascavo, o mel, a stévia.

Evite qualquer adoçante artificial, os ciclamatos, o aspartame, porque são substâncias prejudiciais à saúde humana.

Carnes só de animais criados na natureza, sem hormônios, sem ração artificial feita pelo homem. Portanto, o frango caipira pode ser consumido. A carne de porco é aconselhável evitar, porque é de difícil digestão, tem toxinas, muitos vermes como as solitárias que ela transmite aos humanos. Além disso ele é criado preso, semelhante às galinhas de granja. Os peixes de pesqueiro e lagoas poluídas, tratados com ração contendo hormônios de crescimento e engorda, fazem mal à saúde, causam muito câncer. Não são saudáveis também os camarões, chamados de urubus do mar, nem as lagostas, siris, carangueijos, enfim, os crustáceos marinhos. Carnes curadas também não são saudáveis, são semi-apodrecidas.

Evite tomar antibióticos, pois o nome já é bem claro: anti-bios, isto é, contra a vida. Eles também eliminam as bactérias úteis e necessárias do intestino, gerando muita acidez e campo propício para o surgimento e proliferação do fungo terrível denominado Cândida Albicans. Os antibióticos não matam esse fungo, mas são recomendados indiscriminadamente, gerando muitos problemas para a saúde, sobretudo a intoxicação orgânica. A natureza tem muitos "antibióticos" naturais, muito eficazes e sem causar efeitos colaterais. 

Evite as bebidas alcoólicas, para preservar sua saúde. Ninguém precisa delas.

Não use o forno de microondas, porque ele é muito prejudicial à saúde, porque mata toda a vida dos alimentos que passam por ele. Altera as moléculas dos alimentos. Os alimentos passados por ele são completamente mortos e destituídos da vibração atômica que deveriam ter. Por causa disso, enfraquecem sua imunidade, geram depressão e diminuem a energia vital orgânica.

Evite comer muitas massas, biscoitos, bolos e pães feitos com farinhas brancas, porque formam uma pasta muito grudenta e dura no intestino, o que dá origem à mortífera prisão de ventre, tão comum nas mulheres principalmente. Lembre-se que o intestino é o coveiro da humanidade.

Evite os alimentos e bebidas enlatados, porque estão cheios de artificialismo, de produtos químicos indigestos e acidificantes. Eles não passam no teste bioenergético como produtos saudáveis.

Leite, só mamando na vaca, e mesmo assim corre-se o risco de contaminação pela terrível Rickettsia proveniente do carrapato que picou a vaca, e que dá origem a 40 doenças, dentre elas a fibromialgia.

Use o Ômega 3 para proteger seu coração, deixar limpas as artérias, desobstruir o fígado e evitar as doenças cardiovasculares. A fonte mais usada é o peixe do mar, salmão, sardinha, etc.

Dê sempre preferência aos produtos direto da natureza, porque onde o homem coloca a mão, embalando, enlatando, colorindo, refinando, conservando artificialmente, tudo para ganhar mais dinheiro, faz com que esses produtos deixem de ser saudáveis e confiáveis. Mantenha sempre seu organismo alcalino, para não adoecer.

Use o mínimo de café ou evite-o completamente, porque acidifica o organismo, aumenta facilmente a pressão sanguínea, aumenta o ácido úrico, vicia por causa da cafeína, concorre para a formação de úlceras e gastrite.

Evite o frango de granja devido ao artificialismo como é criado e devido aos hormônios e antibióticos, dos quais seu organismo está cheio.

Evite gatos e cachorros dentro de casa, pois causam inúmeras doenças aos humanos. Transmitem grande quantidade de tipos diferentes dos ovos de vermes, alergias, tosse, diversas bactérias diferentes, transmitem doenças de pele, etc. Há quem beije tais animais na boca e até durmam com eles. Não demora, as consequências de tal insensatez aparecem.

Aprenda a desintoxicar seu organismo, todos os órgãos e o sangue, pois um organismo intoxicado jamais poderá ter saúde.

Os cosméticos são uma grande fonte de alergia, junto com certos produtos de higiene pessoal e limpeza (Não dá para comer, então não esfregue na pele).

O flúor, contido na água pública e nas pastas de dente, é um metal pesado, não saudável. Ele pode afetar a glândula tireóide e favorecer o surgimento da obesidade, pois essa glândula equilibra o peso corporal.

O sol jamais causa um só caso de câncer de pele, porque é uma obra perfeita do Criador. Porém, os venenos, as toxinas, os medicamentos, as vacinas, os produtos químicos que colocamos dentro do corpo (via alimentação, bebidas, etc) o deixam muito ácido, acidez essa que, ao chegar à pele e ser atingida pelo sol, queima e forma o câncer. É fácil de observar isso na prática: quem apanha mais sol do que os índios na natureza e os animais, porém eles não têm câncer de pele, enquanto não tiverem contato com os produtos acima citados.

Lembre-se que nós somos movidos pelas emoções, por isso livre-se o quanto antes de qualquer emoção negativa: rancor, mágoa, desejo de vingança, medo, angústia, porque baixam a nossa imunidade e adoecemos. Controle suas emoções. As feridas emocionais causam transtornos físicos.

Fuja da poluição, dos fortes ruídos, dos venenos agrícolas o mais possível. A agricultura transgênica (soja, milho, etc) desequilibra nosso corpo e o meio ambiente.

A perda do sentido espiritual, gera uma angústia existencial, depressão e muitas doenças.

Nunca se esqueça de que a saúde é um presente da natureza e jamais alguém a poderá comprar.

Muito cuidado com a poluição eletromagnética dos aparelhos eletrônicos e elétricos, como torres de telecomunicações, de celulares, linhas de transmissão de energia elétrica de alta tensão, forno de microondas, computadores, telefones sem fio, etc. Procure uma proteção adequada contra a radiação por eles emitida.

Domine o estresse (stress) a qualquer custo, pois ele acaba com nossa energia vital para lutar contra as doenças e afeta a imunidade orgânica.

Saiba dizer não quando o trabalho ou exercícios são excessivos.

Durma em média 8 horas por noite, no escuro e sem ruídos fortes.

Observe que as pessoas mais doentes, sempre são as que tomam remédios. Elas não estão doentes porque faltam remédios, mas porque tomam remédios demais e se intoxicam com eles.

Referência:
[1] Jaime Bruning (terapeuta naturista), Harmonia e Equilíbrio geram Saúde, Publicação do autor: www.jaimebruning.com.br, e-mail: atendimento@jaimebruning.com.br, tels. (19) 3461-7858, (19) 3407-2321. Americana/SP, 2015.

Labels: , , , , , , , , , , , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3617

A importância das tarefas

Cada dia é uma nova oportunidade de te aprimorares, pois, o dia a dia não há de servir ao propósito de te atormentar com tarefas que desempenhas no automático. Sobre essas tarefas que repetes todos os dias encontrarás a oportunidade de fazer tudo muito melhor. Um dia conquistarás a mestria nas obras que executares e somente então tua alma estará livre de ter de executá-las novamente. Por isso, essa sensação de aprisionamento para a qual buscas culpados e circunstâncias adversas para responsabilizar, na verdade te brinda com a chance de alinhares intelecto, emoção e instrumento físico na execução de cada tarefa, mesmo que à primeira vista essa não pareça importante. Não é a tarefa que deve ser importante, mas a relação que tu estabeleças com ela é que lhe outorgará importância.

Labels:


Tuesday, February 06, 2018

 

Mensagem de Mãe Maria - 03/2018


Amados Filhos,

Que as bênçãos do amor tragam paz aos vossos corpos, mentes e corações.

A mente do ser humano está permeada de um turbilhão de pensamentos que torturam, desequilibram, sufocam e, como consequência, aceleram a manifestação de múltiplas doenças.

É preciso, primeiramente, que possais entender que esse estado mental é o resultado de vossas atitudes e ações ao longo de vossas jornadas, e este é o tempo de limpar a mente, limpar a mente de toda confusão.

Ao entender e aceitar essa verdade mister se faz que possais organizardes vossas mentes, para transformar esses pensamentos, injetando amor e compreensão em vosso dia a dia para que a transformação ocorra plena, e a transmutação de toda essa densidade revele em vós equilíbrio, discernimento e paz.

Lembrai-vos que deixastes no passado muitas pendências, e elas não se dissolvem simplesmente porque quereis resgatar a liberdade, pelo contrário, elas continuam a pressionar-vos, não deixando espaço para que possais vivenciar este novo tempo na plena sintonia com vossas presenças Eu Sou.

Não vos desespereis, pois, eis que o desespero vos coloca em um estado de inércia que nada mais faz do que vos manter no limite e na escuridão.

Não existe desafio que não possa ser transformado, não existe o impossível quando invocais pela luz que existe em vós, para buscar compreender a linguagem de vossos corações.

Vossos corações são a chave que precisais acessar. 

É através dele que podereis concluir todo o vosso processo de transformação, resolvendo as pendências do presente e do passado, compreendendo que tudo que é plantado vos é devolvido na colheita, e este é um tempo de colher a plenitude, colher a paz e a liberdade de ser.

Atentai, pois, para o vosso presente, para não permitir que a incompreensão e a intolerância vos leve a criar mais escuridão.

A lição deste momentum é limpar o passado, e viver o momento presente com muito discernimento, reconhecendo vossas responsabilidades por tudo que neste tempo emerge das profundezas do vosso ser, e inundam vossas mentes, para ser transmutado.

Amados, inexiste liberdade para aqueles que não reconhecem e trabalham as pendências que aí estão inundando vossos pensamentos, desconstruindo vossas mentes, tornando o viver um enorme peso, onde a doença se torna inevitável, eis que vossos corpos, físico, emocional e mental, se rompem pela pressão exercitada por vossos egos que sustentam os limites existentes no mundo da ilusão.

A vida que vos foi dada pelo Pai necessita ser vivenciada com leveza e alegria, com compreensão e harmonia, com desprendimento e tolerância, e, para que isso se torne vossas realidades, é preciso que não desanimeis perante os desafios do presente, para que possais buscar reencontrar o caminho onde só a luz impera soberana em vossas jornadas.

Bem amados, orai, orai, orai; orai para que possais abrir o canal que vos permite a conexão com vossas presenças Eu Sou; a oração é o poderoso instrumento que vos escancara as portas para a dimensão superior, onde vossa jornada se revela em sua totalidade vos permitindo compreender vossas missões.

Quando o propósito se faz claro as soluções para vossas pendências se tornam visíveis, e basta, então, fé e determinação para que o agir vos permita concluirdes vossas missões.

Bem amados, que vossas orações cheguem a todos os recantos da Mãe Terra onde houver desespero, egoísmo, incompreensão, desamor e guerras, para que todos os vossos irmãos possam vislumbrar o caminho da luz.

Eu vos deixo agora derramando sobre todos vós as minhas bênçãos e envolvendo a todos no meu manto de proteção, porque Eu Sou Maria, Vossa Mãe. 

Arquivo/Mensagens de Mãe Maria/Mensagem de Mãe Maria 03-2018

Labels:


 

Oscar Quiroga - 3616

Transparência

A vida de tua vida encontrará sempre uma forma de continuar seu trabalho de expressar a eternidade de seu funcionamento e, por isso, ela busca aprimorar as formas mediante as quais se manifestar. Se tu te aprimoras e melhoras teu desempenho todos os dias, a vida de tua vida encontrará em ti um ponto de transparência por onde revelar toda sua beleza, glória e verdade. Se tu te acomodas no hábito de desempenhares tuas funções de forma negligente, desleixada, por puro automatismo, a vida de tua vida não encontrará nada útil em ti. Tu podes cultivar todas as incertezas que tua natureza humana quiser, mas uma certeza tu precisas ter sempre em mente. Se tu não fores útil à vida de tua vida não encontrarás forma de progredir, porque esse não é um destino pessoal, é o destino do Universo em que existes.

Labels:


Monday, February 05, 2018

 

Oscar Quiroga - 3615

As armadilhas

Teu desejo de que tudo esteja certo, no lugar adequado e em movimento na direção do progresso vai de encontro às circunstâncias em que tu existes. Essa dinâmica se tornou tão habitual que te estende a armadilha de te convenceres de tua experiência de vida ser isso mesmo, uma constante frustração por não seres capaz de fazer decolar teus projetos. Além disso, a frequência de circunstâncias adversas e tua luta contra elas te estende outra armadilha, a de te identificares com elas e definires tua existência por meio dessas. Tua presença entre o céu e a terra não é definida pelas circunstâncias nem tampouco pela legítima frustração que sentes, tua presença entre o céu e a terra é um elo de continuidade para a Vida de tua vida se expressar. Entrega-te, continua tu também.

Labels:


Sunday, February 04, 2018

 

A 5ª Terra

Trechos desse livro [1] de Carlos A. Baccelli.

A Crosta Terrestre, onde estamos habitando atualmente, é considerada a 3ª Terra. O mundo espiritual do Umbral é a 4ª Terra. O mundo espiritual acima do Umbral é a 5ª Terra. Em todos esses três mundos pode-se nascer de um ventre materno. Os espíritos que povoam a 5ª Terra podem reencarnar na 4ª Terra e, assim, sucessivamente. Os habitantes da 5ª Terra estão superdesencarnados e, consequentemente, nós, os seres humanos da Crosta, estamos superencarnados.

A Humanidade, praticamente, até meados do século XIX, era impedida de pensar corretamente pelas religiões dominantes, que escravizavam as mentes - quem ousasse discordar de um só dos postulados duma ou doutra crença religiosa era considerado herege e, não raro, condenado à morte. Assim, se o homem aprendeu a pensar com a Ciência e a Filosofia, não aprendeu a pensar com a Religião. 

Milhões e milhões de espíritos, ao deixarem o corpo físico, ficam dormindo! O corpo espiritual, ou perispírito, possui fisiologia e anatomia semelhantes à do corpo carnal. Cada Dimensão Espiritual ao redor da Terra é uma outra Terra, outro mundo e, por assim dizer, um outro planeta existindo num Universo diferente. O "buraco de minhoca" é um "atalho" através do espaço e do tempo. Quando "morremos", atravessamos um "buraco de minhoca". A nossa cova, quase que literalmente, é um "buraco de minhoca". Os recém-desencarnados, quase sempre, são esperados por familiares e amigos (na 4ª Terra), os quais os conduzem para "caminhos" que, evidentemente, já conhecem. Isto é da Lei. Os que nascem na Terra (3ª) não são esperados pelos que já se encontram adaptados a este meio?

Comer é uma ilusão, mas quem é que possui suficiente espiritualidade para se alimentar apenas de prana? Tudo quanto o homem come no mundo é concentração de energia vital, que, a rigor, ele poderia absorver da própria atmosfera (carregada de prana), sem, para tanto, ter de abrir a boca para mastigar algo. Em outras palavras, o homem poderia "viver de brisa" (respirantismo). Não obstante, mesmo na 4ª Terra, ainda não se dispensa completamente a alimentação. Precisamos alimentar o corpo, dando de comer ao "universo" das vidas microscópicas que carregamos em nosso interior - nós somos o "Deus" delas! Enquanto não transcendermos por dentro, não conseguiremos transcender por fora. Quando vejo muita gente perdendo precioso tempo no mundo, nossos irmãos que estimam dormir e passear muito, comer e gozar a vida, como se a experiência reencarnatória fosse uma estação de veraneio, costumo pensar comigo: Aproveite, macacada, enquanto pode, enquanto a consciência não lhe está efetuando maiores cobranças, porque, como dizia Chico Xavier, tempo chegará em que nem dormir a consciência lhe permitirá! Chico Xavier dormia pouco, porque sua consciência não deixava que ele dormisse mais.

O Mundo Espiritual é o mundo das causas. Portanto, o que acontece no Mundo Espiritual é o que acontece no Mundo Material - às vezes, digamos, com significativo atraso. O jatobá, com polpa farinácea e nutritiva, é uma fruta que possui grande concentração de ferro e está indicada para anemias crônicas. Quanto mais tempo o espírito fica sem reencarnar, menos viva é a lembrança que ele possui de sua existência carnal anterior. 

Chico Xavier dizia: Os que creem na Reencarnação são extraterrestres. Na maioria, eles não pertencem a este mundo: vieram de outros planetas ou de outras dimensões. Muitos espíritos não admitem a existência da reencarnação porque, por assim dizer, embora tenham desencarnado considerável número de vezes, eles nunca saíram da Terra! Em desencarnando, eles continuaram a viver na órbita do Planeta - em sua psicosfera -, tendo o Orbe Terrestre como sua única referência de vida no Universo. Por esse motivo, a crença na reencarnação veio para a Terra através dos chamados capelinos (extraterrestres de Capela, da Constelação de Cocheiro) e, com ela, consequentemente, a ideia da "queda dos anjos". Daí, Chico dizer que, em geral, os adeptos da reencarnação eram extraterrestres, ou seja, espíritos que não haviam ainda "nascido" na Terra - não eram seus primitivos habitantes, porque os seus primitivos habitantes, ao desencarnarem, continuavam a sentir-se no ambiente terrestre. Para os capelinos, o choque biológico e psicológico provocado pelo processo de reencarnação fora tão forte, que eles não tiveram como negar as evidências do fato - o fenômeno ficara gravado em seu subconsciente de maneira tão patente, que eles, inicialmente, começaram a falar em Metempsicose. Explica-se: o contraste entre os dois mundos - o que eles haviam habitado e o que eles passaram a habitar - era tão flagrante, a partir, por exemplo, dos corpos grosseiros que agora eles ocupavam, que eles não tiveram como deixar de supor que estivessem, sobre a Terra, ocupando corpos de animais.

Poucos são os espíritos que, em desencarnando, passam a ter uma vida no Mundo Espiritual, nele se demorando por tempo considerado mais longo. A grande maioria de quantos desencarnam procura reencarnar na primeira oportunidade. Sem mencionar os que desencarnam no Mundo Espiritual e nele voltam a reencarnar.

A Lei Divina sabe converter todo mal em bem. Estamos habituados a contar com uma proteção especial que, em verdade, não privilegia a quem seja. Proteção e desproteção são simples questão de mérito e demérito. A Lei não age, ela simplesmente reage. A Lei Divina é de harmonia. Quando, valendo-se de seu livre-arbítrio, o homem quebra a harmonia do Universo, ou seja, destoa da Criação, a Lei, assim provocada por ele, reage, buscando restaurar o equilíbrio em si. Esse princípio, igualmente, se encontra exarado no Hinduísmo, através do que denomina "Roda de Samsara". Pelas suas atitudes, o homem faz com que essa "Roda" comece a girar, movimentando-se, incessante, no ciclo de "nascimento e morte". Alcançar a perfeição é fazer com que a "Roda de Samsara" pare de girar, voltando ao seu ponto de equilíbrio, ou quietude eterna. 

A inversão social que muitos supõem acontecer automaticamente, de uma encarnação para outra, seria um mecanismo muito simplório. Existe pobre que volta a reeencarnar pobre - enquanto ele não aprender as lições que a pobreza tem para lhe transmitir.

Da mesma maneira que a morte do corpo é um renascimento para o espírito, a reencarnação é para ele uma espécie de morte, ou antes, de exílio e de clausura. Ele deixa o mundo dos espíritos pelo mundo corpóreo, como o homem deixa o mundo corpóreo pelo mundo dos espíritos. O espírito sabe que reencarnará, assim como o homem sabe que vai morrer. A função da reencarnação é a de ampliar os laços de família e não a de limitá-los. Há muito pai e mãe no mundo cobrindo de beijos espíritos a quem, em outras circunstâncias, haveriam de ignorar por completo! Se apenas reeencarnassem no grupo familiar espíritos que fazem parte do clã, seria perpetuar o orgulho de casta. Essas fronteiras precisam cair. Infelizmente, o preconceito é algo que também sobrevive à morte.

Deve-se fugir da formalidade das religiões que impedem o despertar do espírito. Que o seu interesse pela Vida possa ir além da ambição de ganho material, para não se perder nesta experiência no corpo. O pessoal vive repetindo que, na Natureza, nada dá saltos - a não ser o grilo e o sapo! -, mas, quando se refere à Vida além da morte, imagina um punhado de espíritos voando à vontade, completamente angelizados, destituídos de todo e qualquer traço de sua antiga humanidade.

Palavras de Jesus: "Buscai primeiramente o Reino de Deus e a sua justiça, que todas essas coisas vos serão dadas de acréscimo. Assim, pois, não vos ponhais inquietos pelo dia de amanhã, porquanto o amanhã cuidará de si. A cada dia basta o seu mal".

O pensamento não é uma onda que se perde no Espaço - todo e qualquer pensamento continua a vibrar em derredor de quem o emite. O pensamento é substância que, através de sua mente, e até de seus poros espirituais, o homem vive inalando. Quando descemos (da 4ª para a 3ª Terra), nós passamos a respirar muito mais pensamentos do que oxigênio - não que não respiramos oxigênio. Por causa disso, nos desgastamos excessivamente. O pensamento é algo físico, e, sendo assim, existem barreiras físicas à sua propagação. O fenômeno é semelhante ao que acontece com os raios solares que se lançam de grande altura e que, por vezes, por mais potentes que sejam, não conseguem varar a barreira que uma única nuvem mais pesada se lhe oferece.

O espírito pode estar preso ao corpo carnal, mas o pensamento está sempre livre. Não raro, os pensamentos de encarnados e de desencarnados se misturam - o que acontece com o médium, isoladamente, e acontece com os homens, coletivamente. A Humanidade inteira é médium... A situação da Humanidade, como um todo, é extremamente grave, senão gravíssima. Vários espíritos, inclusive aqueles que tinham reencarnação programada, com o propósito de impulsionar o avanço de nossos irmãos a mourejarem na carne, deliberaram adiar sine die seu regresso ao mundo.

Chico Xavier apreciava muito o banho de imersão. A mediunidade tem muito a ver com a maternidade (com o aspecto feminino do ser).

Aspectos da 5ª Terra descritos por alguém que esteve lá: quase todos volitam, dispensando assim o concurso das pernas, que não passam de apêndices extremamente diáfanos e que aparecem quando eles pousam. Os corpos são muito mais delgados - não vi ninguém obeso por lá!  As bocas e ouvidos das pessoas são extremamente pequenos, e mesmo as narinas. As mãos são alongadas e quase transparentes. Homem e mulher por lá são muito parecidos - anatomicamente, eles não se distinguem. Outra coisa que notei: eles parecem não usar roupas; as suas vestes são as linhas de seus próprios corpos. As suas cores exteriores são reflexos de seus pensamentos e sentimentos. Não são cores permanentes - conservando a cor básica, eles vão mudando de tonalidade. Eles se abraçam e se beijam levemente nos lábios - foi assim que se relacionaram sexualmente (e eu fui parar lá...). Eu me recordo de que nasci logo - não demorei tanto a sair do ventre de minha mãe ou de meu pai, não sei - acredito que por lá, assim como Deus, todo mundo seja, ao mesmo tempo, pai e mãe! Eu, praticamente, pude ver o meu parto. Nasci sem nenhum trauma, sem nenhum constrangimento físico para quem me gerou. Com um mês de idade, já estava andando e começando a falar - aliás, eu não falava como estamos falando agora: eu pensava (comunicação telepática). Os meus pais me "ouviam", pensavam de volta, e eu os ouvia também. Não foi preciso que eu aprendesse a falar!

Referência:
[1] Carlos A. Baccelli, A 5ª Terra, Livraria Espírita Edições "Pedro e Paulo", Uberaba - MG, maio 2015 (2ª Edição). ISBN: 978-85-60628-54-4.

Labels: , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3614

Teu destino

Enquanto continuares imaginando que ser feliz seja um estado existencial desprovido de problemas e limitações, continuarás te metendo numa equação em que a conta nunca vai fechar. A felicidade não é um estado negativo que se conquiste lutando contra limitações e problemas. A felicidade é um estado positivo mediante o qual tu te defines pela maneira com que lidas com teus problemas, à medida em que continuas te aproximando da realização de tuas pretensões. O que tu tenhas de fazer nada nem ninguém poderá fazer por ti. Tu podes arder de devoção e pedir ajuda aos deuses e eles e elas te ouvirem, mas se não te ergueres e fizeres o que precisas fazer ninguém poderá te ajudar, porque teu destino é o desenho que é feito a cada passo que dás, a cada atitude que tomas, a cada ação que empreendes.

Labels:


Saturday, February 03, 2018

 

A Cura pela Água - 3

 Trechos deste livro [1] de Louis Kuhne (1835-1901)

A doença é a presença de substâncias estranhas no corpo. As substâncias estranhas se apresentam nele desde o nascimento ou nele se introduzem pela admissão de substâncias prejudiciais ao corpo. O corpo procura expulsá-las pelo intestino, pelos pulmões, pelos rins e pela pele; e, se não logra seu intento, deposita-as por toda parte. É assim que se alteram as formas do corpo, coisa que se nota melhor no lugar mais estreito: no pescoço e no rosto. O foco da fermentação das substâncias estranhas se acha no nosso baixo-ventre.

Febre é uma fermentação produzida em nosso corpo. A fermentação é oriunda de substâncias estranhas que se depositaram no corpo. A causa disso é uma digestão insuficiente, ou melhor, a introdução excessiva de alimento insuficiente. Chamo também de alimentação insuficiente o ar insalubre, misturando-se com gases deletérios. As substâncias em fermentação ocupam muito maior espaço do que antes de fermentarem. Esta fermentação não é outra coisa senão uma esfregadura (atrito) que produz necessariamente o calor. O estado produzido pela fermentação chamamos de febre. A febre pode ser cortada pelo seguinte processo: deve-se fazer tudo por abrir os poros da pele; é preciso fazer com que o corpo transpire: assim cessará imediatamente a febre. Mas, ao mesmo tempo, é preciso libertar o calor por um processo refrescantes (banhos frios). As substâncias estranhas são eliminadas pelos órgãos excretórios naturais, via urina e suor (e expiração), pelos intestinos e pela transpiração. Depois dos banhos frios, deve-se fazer com que a pessoa sue. Deve-se abrir as janelas de dia e de noite para que na casa haja sempre ar fresco. Durante o tratamento há necessidade de se guardar uma dieta adequada, pois os alimentos excitantes e muito temperados com sal e pimenta, de carne, etc. favorecem a quentura e impedem o seu desaparecimento.

A pele é um órgão de excreção importante; tem ela principalmente a missão de expulsar as substâncias mórbidas que se acumulam na superfície do corpo. O suor outra coisa não é senão a substância estranha que foi expulsa do interior pela fermentação. A pele deve funcionar constantemente para que o corpo não adoeça. Toda a pessoa com saúde tem a pele quente e úmida. A pele seca e fria denota um sintoma de doença. Durante todo o tempo em que não há defecações suficientes  (condição de prisão de ventre), a natureza emprega a pele como principal órgão de excreção. Somente quando se torna impossível efetuar a transpiração de outra maneira é que se torna necessário recorrer aos processos artificiais, dando às crianças até banhos de vapor no corpo inteiro. Durante o tempo em que a criança estiver acamada a janela deve permanecer um pouco aberta tanto de dia como de noite a fim de manter constantemente um ar fresco. Por assim dizer, a cabeça é o ponto final do corpo. Postas em movimento, as massas em fermentação sempre encontram na cabeça um limite insuperável. As substâncias em fermentação tendem constantemente a subir e, se a cabeça opõe óbice a seu livre desenvolvimento, elas atuam especialmente sobre estes últimos obstáculos. Quando se trata de cerveja ou do vinho, todos sabem que a fermentação se desenvolve com maior dificuldade e com maior lentidão na temperatura baixa da adega. As substâncias estranhas que se encontram no corpo obedecem também a esta lei da natureza. Um aumento de calor favorece toda fermentação, ao passo que o frio a impede, detém e destrói por completo. 

Aplicamos  com êxito contra a varíola tão temida igual método curativo que o aplicado contra as demais doenças. Isto só é possível quando a doença tem causa igual às anteriores, isto é, a acumulação de substâncias estranhas no corpo, o que é o que realmente acontece. A vacina poucas garantias oferece contra a varíola. A vacinação introduz artificialmente e de modo direto substâncias estranhas no sangue. Quando carece o saber, facilmente se crê nos prodígios...

A tosse, seja ela como for, deve ser encarada como sinal de doença grave, porque o homem sadio não deve tossir nem cuspir. A tosse só se produz quando a pressão das substâncias estranhas se dirige para cima, por estar bloqueada a saída natural por baixo. Ou a pele funciona mal ou os rins e os intestinos não desempenham perfeitamente suas tarefas.

As crianças atacadas de coqueluche apresentam os sintomas tão conhecidos da fermentação; isto é, têm também febre. As massas querem sair pelo pescoço e cabeça, embora nestas partes o corpo não tenha órgãos excretórios. A primeira coisa que se deve fazer é deixar que o doente sue logo. Logo que o suor se manifesta, a tosse se acalma consideravelmente; e se a digestão melhora, a tosse desaparece por completo num espaço de tempo indeterminado. Todas as febres agudas não são mais do que um esforço curativo do corpo, que trata de expulsar as substâncias estranhas. Por conseguinte, deveríamos saudar com regozijo cada uma dessas febres agudas (crises curativas).

Banhos de sol diários realizam verdadeiros prodígios em combinação com os banhos de assento com fricção. O calor do corpo humano é o melhor suporífero e o melhor calmante.  A frialdade nas extremidades e uma sensação de frio em todo o corpo torna a doença perigosa; com efeito, isso é prova de que as partes externas do corpo perderam grande parte de sua força vital e ativa pela enorme sobrecarga de substâncias estranhas e de que no interior predomina uma febre devoradora. Neste caso as partes externas do corpo e sobretudo os extremos mais finos dos vasos sanguíneos estão obstruídos pelas substâncias estranhas, de modo que o sangue não pode circular até as partes extremas da pele, o que produz uma sensação de frio. 

Em todos os sintomas mórbidos ocorre uma das duas coisas: sobrecarga de calor ou aumento de frio. Ambos os sintomas são da febre e por isso devem ser combatidos de maneira idêntica. Todas estas diferentes formas de sintomas mórbidos são tendências curativas do corpo. As doenças sufocadas ou reduzidas a estado latente acarretam doenças sempre mais graves e difíceis de curar, porque a substância mórbida nunca permanece inativa no corpo; pelo contrário, é submetida a contínuas alterações e transformações engendrando assim, sem cessar, novas doenças.

Dado que o corpo trabalha muito interiormente (quando doente), é preciso cansá-lo o mínimo possível com a digestão. Portanto, o princípio fundamental consiste em dar ao doente pouco alimento, sem jamais obrigá-lo a comer e beber senão quando ele próprio pede. Uma doença aguda (como varíola, escarlatina, difteria, cólera, sarampo, sífilis, etc) não é mais do que um estado de fermentação no corpo, o qual se esforça por expulsar as substâncias estranhas. Essas substâncias estranhas mudam de forma, segundo a fermentação, apresentando-se como bacilos, bactérias, micróbios e demais micro-organismos tão temidos, que são todos produto da fermentação.

O ato de infecção não é mais do que uma vacina da substância mórbida em fermentação sobre outro corpo pelas vias naturais e numa diluição natural. A substância mórbida específica não pode produzir a fermentação se não encontra no outro corpo uma quantidade suficiente de substâncias estranhas em estado latente. Consequentemente, o perigo de infecção por uma doença aguda só ameaça quem já está suficientemente sobrecarregado de substâncias estranhas, ou seja, aqueles que têm em si próprios predisposição à doença.

Como todos os remédios alopáticos, o veneno inoculado em doses alopáticas atua de maneira paralisadora da força vital do corpo; isto é, tira deste a força de que precisa para expulsar as substâncias estranhas numa doença aguda (crise curativa, febre) e até aumenta a quantidade de substâncias, produzindo um estado morboso crônico ainda mais perigoso. Verifica-se um aumento cada vez maior de todas as enfermidades crônicas (câncer, etc) desde que se passou a aplicar as vacinas. Todos os remédios alopáticos paralisam todos os esforços curativos do corpo e logram unicamente a paralisação do fermento, mas não a expulsão das substâncias estranhas. Daqui é que se originam estas doenças, em outros tempos tão raras, como o câncer, a neurose em alto grau, a loucura, a sífilis, etc. No começo, todo novo medicamento paralisa a força vital, mas o corpo se debilita de tal modo a ponto de só raciocinar com o remédio, até que por fim não pode ser impedida a fermentação das substâncias estranhas e destrói-se a vida.

Se a temperatura (externa, por exemplo) excita igualmente a força vital do corpo, o corpo se esforçará também com intenção curativa do mesmo gênero (febre) para desfazer-se das substâncias estranhas. Quando existe sobrecarga bastante uniforme em certo número de indivíduos, a mesma causa produzirá o mesmo efeito simultaneamente em muitos (já) doentes; e é assim que se geram as epidemias.

O ar puro deve constituir a primeira condição da moradia de um doente. Todos os perfumes ("bom ar") e desinfetantes aplicados no interior da moradia não expulsam as substâncias estranhas presentes; pelo contrário: simplesmente contribuem para que o ar seja ainda pior e mais impuro. Além disso, estes desinfetantes exercem simultaneamente uma ação paralisadora sobre o guardião de nossa saúde, o "nariz", tornando-o insensível às mais  nauseabundas emanações dos doentes: agem, pois, exatamente como os medicamentos supracitados, não para fazerem bem, mas para provocar uma piora.

O corpo recebe, do meus banhos frios, um aumento da força vital que o torna capaz de expulsar, em seguida, o veneno das doenças. Sem substâncias estranhas, nada de doenças, nada de infecção! Quem sabe manter seu corpo limpo interiormente e não somente no exterior, está a salvo de toda infecção. Portanto, a limpeza é a mãe da saúde. Com isso se vê claramente que não há nada de mais insensato do que as medidas de segurança que a medicina escolástica toma contra as doenças contagiosas.

Referência:
[1] Louis Kuhne, Cura pela Água: A Nova Ciência de Curar, Hemus Editora, 7ª Edição, 1996.

Labels: , , , , , , , , , , ,


 

Oscar Quiroga - 3613

A ciência da despreocupação

Toma o dia para te exercitares na ciência da despreocupação, porque não é admissível que passes a maior parte do teu tempo te atormentando com problemas e que, pela força do hábito, passes a te convencer de que a existência humana seja isso mesmo. Não é! Cada período de Lua Vazia te outorga o direito cósmico à despreocupação, para que acostumes tua mente a esperar por momentos em que não há necessidade de te colocares sob tensão para fazer qualquer coisa acontecer. Luas Vazias não servem para objetivares nada, mas para desfrutares de tua vida interior no seu melhor aspecto possível, o de te conectares à Vida de tua vida através da meditação, das orações ou de fazer algo que promova conforto, alegria e despreocupação. Assim, depois retomarás tuas atividades com melhor ânimo e disposição.

Labels:


Friday, February 02, 2018

 

Oscar Quiroga - 3612

Faz bem o que tenhas de fazer

Faz bem tudo que tenhas de fazer hoje, sem importar se tuas tarefas e obrigações sejam do teu agrado ou não. Enquanto não fizeres bem o que é de tua responsabilidade, continuarás tendo de voltar uma e outra vez sobre os mesmos assuntos. Envolve teu intelecto, teu desejo e teu corpo em tudo que fizeres. Além disso, compreende que tu não és apenas uma existência individual, pois, tua presença é também um elo que conecta as gerações anteriores e as que virão depois de ti. Por isso, faz bem o que tenhas de fazer pensando que o fazes não apenas por ti, mas para acrescentar algo ao mundo que tanto criticas por funcionar mal, mas que se encontra nesse estado porque as pessoas só pensam em si mesmas. Por fim, faz o que tenhas de fazer sem te apegar aos resultados, só porque é tua responsabilidade.

Labels:


Thursday, February 01, 2018

 

Oscar Quiroga - 3611

Sai dessa

Se há tensão é porque existes, por isso, elimina todas as queixas sobre essa condição e começa a restringir o tempo que gastas tentando eliminar todas tuas tensões, como se esse fosse o objetivo imprescindível, sem o qual não poderias iniciar tua luta para conquistar tuas pretensões. Não faz sentido que tu tenhas nascido para relaxar, para viver feliz e sem nenhum tipo de tensão, algo está errado em teus convencimentos. A existência é um esforço constante, tu és uma semente que germinou no solo fértil do Universo e que precisa demonstrar e expressar suas potencialidades inerentes. Por acaso tua potencialidade é expressar queixas e mágoas? Fazer isso de vez em quando é razoável, mas destinar a maior parte do teu tempo a expressar mágoas não faz o mínimo sentido. Sai dessa!

Labels:


Wednesday, January 31, 2018

 

Oscar Quiroga - 3610

Há tensão, logo existes

Frases bonitas que te inspirem podem te ajudar temporariamente a superar os momentos de desespero e promover uma visão mais ampla de tua posição no mundo, porém, se tu não fazes a tua parte e continuas em frente com tua caminhada, retornarás rapidamente ao estado sombrio que tua própria mente te inflige. Não busques paz celestial, não busques a felicidade como condição imprescindível para fazer a tua caminhada, não é de paraíso que tu precisas, mas de reconhecer que a tensão é essencial, pois, é inerente à tua condição humana. Suporta a tensão, faz dela a tua amiga, ela é a mais fiel expressão de que tu existes, porém, suportar a tensão não há de fazer de ti uma pessoa sacrificada sem saber a razão de tanto sacrifício. Estás aqui para que dessa tensão surja a veia criativa que potencialmente há em ti.

Labels:


Tuesday, January 30, 2018

 

Oscar Quiroga - 3609

Quem és tu?

Está bem, tu tens alguns poucos ou muitos problemas para resolver e isso te consome recursos vitais. Porém, nada te autoriza a definires tua existência sobre teus problemas. A definição de tua existência é feita em torno de como fazes para resolver esses problemas. Tu não és os problemas que te atormentam, tu és quem alinha intelecto, desejo e corpo para resolver os problemas e continuar a viagem na direção dos objetivos mais elevados que anseies realizar. Por isso, não te detenhas a imaginar que, em primeiro lugar, deverias resolver todos teus problemas e tensões, isso nunca acontecerá. Em primeiro lugar há de vir sempre a viagem na direção de teus objetivos e, como efeito colateral, resolver quaisquer problemas que surgirem.

Labels:


Monday, January 29, 2018

 

A Cura pela Água - 2

Trechos deste livro [1] de Louis Kuhne (1835-1901)

Os depósitos de substâncias estranhas quase sempre começam numa parte do corpo e nela são sempre mais fortes do que na parte oposta; e esta é sempre o lado em que costumamos dormir, já que essas substâncias obedecem à lei da gravidade. São as substâncias estranhas que produzem a doença. As substâncias estranhas não deveriam encontrar-se no corpo, pelo menos em sua forma presente, porque as substâncias nutritivas não obedecem à ação da gravidade no corpo. O corpo tende a expulsar as referidas substâncias estranhas, seja por meio de úlceras ou chagas abertas ou por suores abundantes e erupções. A doença consiste na presença de matérias estranhas no corpo.

Existem dois caminhos diferentes pelos quais as substâncias estranhas (mórbidas) podem introduzir-se no corpo: via nariz até os pulmões e no estômago através da boca. Nesses dois caminhos existem guardas, mas os mesmos não são de todo insubornáveis, pois que às vezes eles deixam passar substâncias que não deveriam entrar no corpo. Os guardas do ar são o nariz e do estômago é a língua. O alimento dos pulmões não está tão desfigurado como aquele do estômago, já que mesmo hoje em dia preferimos, em geral, o ar puro (o que não ocorre com os alimentos inseridos pela boca).

É muito difícil determinar que quantidade de alimento um estômago doente pode suportar. Tomemos como exemplo uma maçã, que é um alimento completamente sadio para um doente. Às vezes apenas uma maçã faz bom proveito a um doente fraco, ao passo que duas maçãs pode ser-lhe prejudicial. O fato é que todo excesso é um veneno para o corpo. Nunca devemos esquecer que tudo o que entra no estômago tem que ser digerido (o que requer dispêndio de energia). Tudo o que é excessivo é também um veneno e converte-se em substância estranha ao corpo; por conseguinte, a maior temperança no comer e no beber são a base de uma saúde duradoura (não é só o peixe que morre pela boca...). 

Chamo as substâncias de estranhas porque simplesmente não pertencem ao corpo. O corpo tenta libertar-se delas por vias destinadas para esse objetivo. As substâncias estranhas passam diretamente dos pulmões ao ar via expiração. O intestino expulsa para fora aquelas que se encontram no estômago e aquelas que passaram para o sangue são eliminadas por meio do suor, da urina e da expiração; isto é, pela pele, pelos rins e pelos pulmões.

O corpo está sempre disposto a reparar as consequências de nossas faltas. Se exigimos que nosso corpo execute um grande trabalho de eliminação, ele não poderá cumpri-lo totalmente e, então, ele se verá obrigado a alojar em si mesmo as substâncias estranhas inseridas nele. Longe de servir para o desenvolvimento do corpo, elas nada mais fazem senão prejudicá-lo, visto que dificultam a circulação do sangue e com isso a nutrição. As substâncias se depositam aos poucos em determinados lugares, sobretudo nas proximidades dos órgãos de excreção, em cuja direção rumam. Logo que isso se inicia, o depósito faz rápidos progressos, se não se modifica logo o modo de vida. Então se apresentam as primeiras alterações das formas. O corpo já está enfermo, mas a sua enfermidade ainda não causa dor, crônica ou latente. Desenvolve-se tão lentamente que o doente não se apercebe e somente depois de algum tempo sentem-se alterações desagradáveis. Não sente mais apetite, não pode mais trabalhar como antes, o espírito se perturba. Não obstante isto, tal estado é suportável por tanto tempo quanto funcionem os órgãos de excreção, conquanto os intestinos, os rins e os pulmões mantenham sua atividade e a pele transpire suficientemente. Mas, tão logo se enfraquecem tais funções, apresenta-se grande mal-estar no estado do corpo. 

O depósito de substâncias estranhas começa nas proximidades dos órgãos de excreção, mas continua depois pelas partes mais distantes, principalmente em direção às partes superiores do corpo. É muito raro conseguir acompanhar o desenvolvimento da doença desde o início, já que, em sua maioria, as pessoas já nascem com uma carga de substâncias mórbidas e é esta a razão por que quase nenhuma criança deixa de passar pelas doenças chamadas da infância, as quais são um processo de purificação, visto que o corpo se esforça por libertar-se, desta forma, das substâncias estranhas que contém.

As substâncias que mormente se depositam no baixo-ventre invadem finalmente o corpo inteiro e impedem o desenvolvimento regular dos órgãos. Embora os órgãos se ajudem, em parte aumentando seu volume, com isso não podem desenvolver-se em toda a sua perfeição, visto que a substâncias estranhas sempre usurpam o lugar das substâncias nutritivas. Logo que se impeça a circulação adequada do sangue, a nutrição sofre completamente e os órgãos encolhem-se por causa das substâncias estranhas ali depositadas. 

Em toda fermentação pululam pequenos organismos vegetais; as substâncias em fermentação passam por transformações notáveis e ganham muito em volume. Toda fermentação produz calor; quanto mais violenta, mais alta a elevação de temperatura. Os pequenos organismos da fermentação não podem desenvolver-se mais do que em um terreno adequado. Havendo substâncias estranhas no corpo, basta um impulso esterno adequado para colocá-las em fermentação. Uma dessas causas ocasionantes é a mudança brusca do tempo (donde provèm os resfriados). Tenho observado que a fermentação começa sempre no baixo-ventre. Frequentemente produz a diarréia e cessa com ela. Muitas vezes, principalmente quando há prisão de ventre, o corpo não consegue reagir e, então, a fermentação invade todas as partes em que se depositaram as substâncias estranhas. A fermentação busca a saída pelo alto; então percebemos em primeiro lugar os sintomas nas partes superiores, apresentando-se as dores de cabeça (enxaqueca). A fermentação produz calor, elevando a temperatura no interior. Este é o estado conhecido com o nome de febre. A febre é uma fermentação que se produz no corpo. A fermentação é uma decomposição, uma transformação, ou espécie de putrefação, na qual se desenvolvem pequenos organismos vegetais chamados bacilos. O ato da fermentação ou da decomposição altera a forma primitiva da massa inicial. Toda doença aguda é destinada à expulsão das substâncias estranhas.

As substâncias estranhas em fermentação tendem a dilatar-se e oprimem-se contra a pele que encerra o corpo. Essa pressão encontra a resistência da pele. Isso produz um friccionamento que desenvolve calor. Esse é o calor conhecido com febre. As substâncias em fermentação podem encontrar uma saída e desprenderem-se do corpo com o suor. Com este expediente, o interior do corpo fica mais descarregado; a pressão da pele e o calor diminuem imediatamente. 

Antes da percepção do calor, durante dias, semanas ou meses inteiros pode-se observar uma sensação ao que parece totalmente oposta, isto é, de frio. No entanto, a explicação é muito simples. O frio se produz quando o depósito de substâncias estranhas é tão considerável que o sangue já não consegue chegar com facilidade até as extremidades (pés e mãos). Nesta situação, o sangue se comprime mais nas partes internas, onde se produz grande calor. 

Este depósito dura algum tempo, até que as substâncias acumuladas se põem a fermentar por qualquer das causas mencionadas, isto é, em consequência de mudança de temperatura ambiente, de sacudidas externas ou forte emoção. Os vasos sanguíneos se obstruem parcialmente sobretudo em suas ramificações mais tênues, de modo que o sangue não pode circular até a camada exterior da pele. Daqui provém a frialdade nas extremidades e o frio no corpo inteiro. 

O corpo recobra a saúde tão logo regride o ato da fermentação. Não se pode imaginar uma infecção misteriosa causada por bacilos sem que já existam substâncias estranhas ao corpo. Não se trata, pois, de matar os bacilos e, sim, de afastar as causas da fermentação, ou seja, as substâncias estranhas. Então estes pequenos monstros, que tanto terror têm incutido nos espíritos fracos, desaparecem espontaneamente.

Quanto menores os seres, mais difícil de destruí-los diretamente. É o que acontece principalmente com os bacilos. Para afastá-los é inútil querer destruí-los com medicamentos; colimaríamos melhor nosso objetivo, se procurássemos excluir a sua causa, isto é, expulsando do corpo as substâncias estranhas. 

A natureza age em grande escala: da mesma forma age ela em pequena escala, porque suas leis são uniformes. Da mesma forma que os insetos, os mosquitos, os carnívoros e os animais que se alimentam de carniça só se encontram, vivem e subsistem nas regiões em que acham terreno conveniente e pereceriam se não dispusessem desse terreno propício, de igual modo é impossível a existência de febre sem o depósito de substâncias estranhas no corpo: o ato de fermentação, a que damos o nome de febre, só pode produzir-se quando no corpo existem substâncias estranhas. 

Para curar a febre, deve-se tornar a pele permeável, deixando que o corpo transpire. Quando o suor aparece, as substâncias em fermentação encontram saída e diminui a grande tensão, da mesma forma que o calor da febre. O suor, no entanto, não elimina totalmente a causa da doença. Na maior parte do tempo a fermentação atinge apenas uma parte das substâncias depositadas no corpo.; as outras substâncias que ainda não entraram em movimento, e que aumentam com novos depósitos, constituem um foco permanente de febre que só precisa duma ocasião favorável para eclodir de novo. Deve-se, portanto, expulsar estas substâncias que ainda se encontram no corpo. Para esse fim introduzi os banhos derivativos (com água fria), de esfregadura do tronco e de assento, os quais serão descritos posteriormente. Estes banhos incitam o corpo a expulsar, de maneira natural, as substâncias mórbidas que se acham nele. 

Em todos os doentes apresentam-se alterações das formas naturais do corpo. Estas alterações são produzidas por substâncias estranhas. A presença destas substâncias estranhas no corpo constitui a doença. Estas substâncias estranhas são substâncias que o corpo não pode empregar e que nele permanecem em consequência duma digestão insuficiente. 

As substâncias estranhas são putrecíveis (decomponíveis) e constituem o terreno em que pode desenvolver-se uma fermentação (bacilos). A fermentação começa no baixo-ventre, onde está depositada a maior parte das substâncias estranhas, mas continua subindo rapidamente pelo corpo. O estado morboso se transforma, produzem-se dores e, em seguida, febre. 

Não existe mais do que uma única causa da doença, não há mais do que uma doença que se manifesta por diferentes sintomas. Rigorosamente falando, não podemos distinguir diferentes doenças, mas somente diferentes sintomas morbosos. Portanto, há uma unicidade das doenças, não existindo mais do que uma única doença (acúmulo de substâncias estranhas).
 
Referência:
[1] Louis Kuhne, Cura pela Água: A Nova Ciência de Curar, Hemus Editora, 7ª Edição, 1996.

Labels: , , , , , , ,


This page is powered by Blogger. Isn't yours?